sábado, 14 de setembro de 2013

4 obras marcam a 'rentrée' literária da Bizâncio, entre elas «De Pólo a Pólo», de Michael Palin

Eis 4 novos livros, propostas da Bizâncio para a rentrée, que estarão disponíveis nas livrarias a 17 de Setembro:

O Amor
Das escrituras aos nossos dias
de Simon May
 
Ano de Publicação: 2013
Páginas: 400
Editora: Bizâncio
ISBN: 9789725305300
Sinopse
O que é o amor? Pode definir-se? Será justo? Eterno? Incondicional? Será que os pais amam, com igualdade e justiça, todos os filhos? O que procuramos no ser amado? E por que o escolhemos? Amor e ódio serão sentimentos antagónicos? De forma notável Simon May desmonta algumas das ideias feitas sobre o amor que chegaram até nós. Através da análise das tradições e tendências que moldaram a nossa visão de amor — dos textos bíblicos, aos autores clássicos, do amor trovadoresco, aos românticos, de Freud a Proust — Simon May propõe ainda a sua teoria acerca do que é o amor e do que procuramos quando nos enamoramos.
Simon May é professor de Filosofia do King’s College, Universidade de Londres. Autor de diversas obras de que se destaca Thinking Alloud que foi nomeado o livro de 2009 pelo Financial Times.


De Pólo a Pólo
de Michael Palin
 
Ano de Publicação: 2013
Páginas: 352
Editora: Bizâncio
ISBN: 9789725305317
Sinopse
Do fascínio do Círculo Árctico aos biscoitos Garibaldi, no calor da Etiópia, esta aventura de Michael Palin leva-nos do Pólo Norte ao Pólo Sul de comboio, camião, raft, balão, bicicleta… Pelo caminho encontra povos amigos, enfrenta o fogo de metralhadoras e lida com o seu instável aparelho digestivo, até que, finalmente, seguindo os passos de Scott, chega à terra do Sol da Meia-Noite.
Michael Edward Palin é comediante, actor, escritor e apresentador de televisão. Famoso por ser um dos membros do grupo Monty Python e pelos seus documentários sobre viagens, Palin protagonizou alguns dos mais famosos momentos dos Monty Python, incluindo Papagaio Morto, A Canção do Lenhador, Inquisição Espanhola, entre outros. Também participou em vários filmes, entre os quais Um Peixe Chamado Wanda, tendo ganho um prémio BAFTA. Depois dos Monty Python, começou uma nova carreira como escritor de viagens. As suas jornadas levaram-no a todo o mundo. Em 2000, Palin tornou-se CBE (Commander of the Order of the British Empire) pelos seus serviços prestados em televisão.  
Outras obras do autor publicadas pela Bizâncio: À Aventura com Hemingway, A Nova Europa e A Volta ao Mundo em 80 Dias.




Farmacêuticas da Treta
Como as empresas da indústria farmacêutica induzem os médicos em erro e fazem mal aos doentes
de Ben Goldacre
 
Ano de Publicação: 2013
Páginas: 416
Editora: Bizâncio
ISBN: 9789725305294
Sinopse
A medicina anda pelas ruas da amargura. Enquanto os doentes confiam na segurança e regulação dos medicamentos, e os médicos tentam receitar a terapêutica mais eficaz, a indústria farmacêutica global é um negócio de 600 mil milhões de dólares onde reina a corrupção e a ganância. Tanto os médicos como os doentes necessitam de boas provas científicas para tomarem decisões informadas. ... Ben Goldacre é o melhor escritor britânico sobre a ciência por trás da medicina, e este livro é uma denúncia clara e divertida, mostrando exactamente como a ciência tem vindo a ser distorcida e como seria fácil consertá-la.
Ben Goldacre é médico e escreve regularmente para o Guardian uma coluna intitulada «Bad Science». Formado em medicina por Oxford, especializou-se na área da Psiquiatria e, além da prática clínica no serviço nacional de saúde inglês, é investigador do Instituto de Psiquiatria do King’s College.
Outras obras do autor publicadas pela Bizâncio: Ciência da Treta.



Pérolas a Porcos 9
50 milhões de fãs não podem estar enganados
de Stephan Pastis
 
Ano de Publicação: 2013
Páginas: 132
Editora: Bizâncio
ISBN: 9789725305324
Sinopse
Pérolas a Porcos, de Stephan Pastis, é o relato, tira a tira, da história de dois amigos: o Rato, arrogante e egocêntrico, e o Porco, lento de cabeça, penosamente ingénuo, um «ursinho de peluche». Acompanham-nos a Zebra, activista dos direitos herbívoros; o Bode, um crânio relutante que gosta de ser tratado com o devido respeito; e os Crocs obsessivamente carnívoros. Com esta trupe diversa, Pérolas traça uma caricatura deliciosa dos defeitos e limitações da natureza humana. Senhoras e Senhores, o espectáculo continua…
 
Stephan Pastis, greco-americano de segunda geração, nasceu e cresceu em San Marino, Califórnia. Tem um bacharelato em Ciência Política, pela Universidade da Califórnia, Berkeley, e uma licenciatura em Direito da Universidade da Califórnia, Los Angeles.
Stephan, que exerceu direito nove anos antes de se tornar cartoonista, vive actualmente na Califórnia com a mulher e dois filhos.
Outras obras do autor publicadas pela Bizâncio: ver aqui.

1 comentário:

Fernando Pacman disse...

Não conhecia nem os livros e nem os autores. É sempre bom ficar por dentro das novidades.

Estou seguindo seu blog para acompanhar as atualizações e sempre que puder fazer uma visita.
Abraços

http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/