segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Mulheres portuguesas de referência são abordadas em dois novos livros

Catarina Furtado, Joana Vasconcelos e Assunção Cristas são três portuguesas que, embora sejam de áreas muito diferentes, são modelos inspiradores para muitas mulheres. Luís Sítima, Maria Tavares Leal e Margarida T. Santos, no livro Mulheres que Inspiram - Seis Fatores para o Sucesso que a PrimeBooks acaba de publicar, traçam alguns dos factores que mais se destacam e que contribuem para que estas e outras personalidades portuguesas femininas sejam vistas com admiração.

Um outro livro com a chancela das Edições Saída de Emergência e que a partir de 3 de Novembro estará à venda, da autoria da jornalista Alberta Marques Fernandes, partiu da mesma premissa. Através de entrevistas individuais, a autora, em Mulheres na Política - Retratos na Primeira Pessoa, revela algumas confidências de algumas mulheres que escolheram estar ao serviço do país, na política. São exemplos Isabel Moreira e Mariana Mortágua.

Numa época em que se abordam como nunca os temas da igualdade de género e de oportunidades, muitos são os role models femininos que desafiam as estatísticas e alcançam o sucesso nos seus campos de atividade. Importa perceber como. Para isso, os autores entrevistaram 13 mulheres portuguesas de reconhecido mérito nacional e internacional em diversas áreas – Assunção Cristas, Catarina Furtado, Clara de Sousa, Cristina Fonseca, Elisa Ferreira, Elvira Fortunato, Esmeralda Dourado, Fátima Barros, Joana Vasconcelos, Leonor Freitas, Maria Manuel Mota, Marisa Matias e Susana Barroso. Concluiram quais os principais fatores de sucesso comuns a todas elas e que, afinal, as conduziram até ao topo das suas carreiras. Neste livro esses fatores são explicados um a um, equilibrando o discurso direto das entrevistadas, que advém das suas experiências práticas, com os conceitos próprios do conhecimento profissional de quem trabalha diariamente nas áreas de liderança e gestão de recursos humanos.


Nunca como agora as mulheres se destacaram tanto na política portuguesa. Pela primeira vez em Portugal, o número de mulheres no Parlamento ultrapassa os 30% e duas lideram partidos. Combativas, modernas, determinadas e comprometidas com a causa pública, não se amedrontam com o facto de o caminho na política ser mais difícil para as mulheres.
É o que Assunção Cristas, Catarina Martins, Cecília Meireles, Isabel Moreira, Mariana Mortágua, Rita Rato e Teresa Leal Coelho têm em comum entre elas, mas também com outras mulheres ativas na política. Sete parlamentares, de lugares e experiências de vida distintos, falam em nome próprio e com a firme convicção de que o melhor está para vir, que a vida política ainda mal começou e que vão continuar a trilhar os caminhos necessários na busca por mudança.

5 comentários:

Sónia Serra disse...

Adorei saber que existem estes livros e que falam sobre as mulheres e a importância no nosso pais. são livros que certamente irei comprar e ler com muito gosto.

@Little Ana disse...

Mulheres portugueses em grande :D

Joana Belo disse...

Muito interessante.

Ricardo Pires disse...

Deve ser inspirador

ana pires disse...

Deve ser muito interessante