segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Livro retrata o Burnout (stresse profissional prolongado) no feminino

O Síndrome de Burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stresse excessivo devido a uma sobrecarga de trabalho. Este esgotamento físico e mental, tanto atinge homens como mulheres.
No livro Burnout, que ficará disponível no final do mês, as irmãs Emily e Amelia Nagosky identificam e, com base em evidência científica, explicam como quebrar o ciclo do stresse da mulher e assim superar os obstáculos de um mundo em que continuam a ter muito mais a provar do que os homens.
Esta obra - uma edição Ideias de Ler - ganha particular relevância no tempo que vivemos, ou não falasse de algo que está a afetar muitos milhares de mulheres.

Um livro para todas as mulheres que se sentem sobrecarregadas por tudo aquilo que têm de fazer e que, ainda assim, temem não fazer o "suficiente".
Nos dias de hoje, todas experienciamos a exaustão emocional e procuramos desesperadamente uma forma de a superar.
Reforçando que cada mulher é perfeita tal como é, Emily e Amelia Nagoski mostram como podemos ultrapassar os obstáculos num mundo onde temos muito mais a provar do que os homens.
As autoras apresentam um plano com base científica para ajudar as mulheres a minimizarem o stress, a controlarem as emoções e a combaterem a fadiga.
Esta é uma obra revolucionária que trará mudanças positivas para a sua vida.

"O que provoca o burnout, o que faz ao nosso corpo e como podemos ultrapassá-lo. Um livro transformador." Brené Brown

sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

Nova edição do livro de Dale Carnegie sobre a arte da boa comunicação

Além de O Homem Mais Feliz do Mundo, de Eddie Jaku, uma outra publicação com o selo da Objectiva para este mês é A Arte de Comunicar com Sucesso, um guia infalível para comunicar com eficácia e confiança.
Dale Carnegie (1888-1955) foi um escritor e orador norte-americano e um dos expoentes máximos do novo pensamento e um dos pioneiros da autoajuda. Escreveu, entre outros, os livros Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas e Como Evitar Preocupações e Começar a Viver

Sinopse
Comunicar é um dos processos mais vitais do ser humanos e dominar esse processo abre a porta a um mundo de possibilidades. Uma comunicação eficaz poderá fazer a diferença entre o sucesso e o insucesso tanto pessoal como profissional. Saber comunicar pode transformar a sua vida!

Autobiografia inspiradora de Eddie Jaku, um sobrevivente de Auschwitz

O Homem Mais Feliz do Mundo é um livro comovente que já conquistou milhares de leitores em todo o mundo. Uma história de gratidão, esperança e amizade no mais devastador dos cenários. Por ocasião do seu 100. º aniversário, o alemão Eddie Jaku, oferece-nos um testemunho poderoso, desolador e, ao mesmo tempo, derradeiramente optimista de como a felicidade pode ser encontrada até no momento mais sombrio da Humanidade.
Uma edição da Editora Objectiva, dia 26 à venda.

Sinopse
Eddie Jaku nasceu na Alemanha em 1920 no seio de uma família judaica, sempre carregando com orgulho a sua nacionalidade. No entanto, tudo isso mudou drasticamente em Novembro de 1938, quando foi detido, espancado e levado para um campo de concentração. Depois de sobreviver aos mais desumanos horrores, perder os seus familiares, amigos e o seu país, Eddie fez uma promessa: sorrir todos os dias. Hoje acredita ser o «homem mais feliz do mundo».

Elogios da crítica
"Que ser-humano tão belo e maravilhoso." Magda Szubanski

"Depois de ler este livro, sinto que fiz um amigo. Uma história bela contada por um homem verdadeiramente surpreendente." Daily Telegraph

"Este relato tão simples e comovente de uma vida notável dá-nos a todos muito que pensar e reflectir." Canberra Weekly

"Para que não esqueçamos o poder do amor, da bondade e da esperança. Uma história eximiamente contada, uma afirmação de vida.» Sydney Morning Herald

"Eddie Jaku reconhece que sofreu, mas recusa-se a ser definido por isso. Em vez disso, optou por seguir uma forma radical de Humanidade, uma resistência feroz e tenaz." Australian Book Review

"Um testemunho que exalta o poder da esperança, do amor e do apoio mútuo." The Times

"Eddie Jaku é um diamante humano. O seu testemunho de sobrevivência, esperança e generosidade é exactamente aquilo de que o mundo precisa neste momento." Zoë Foster Blake

Outra novidade da editora: A Arte de Comunicar com Sucesso, de Dale Canergie.

Novidades da Casa das Letras e Dom Quixote à venda a 26 de Janeiro

Segredos Estilhaçados, de Hadley Freeman
História e confissões de uma família judia separada pelo Holocausto.
O autor junta as peças do quebra-cabeça do passado da sua família, descobrindo mais sobre a vida da avó e dos três irmãos dela, Jacques, Henri e Alex. As suas histórias, ora comuns, ora surpreendentes, revelam o vasto leque de experiências vividas pelos judeus da Europa de Leste durante o Holocausto.

Os Amores do Senhor Nishino, de Hiromi Kawakami
De uma das escritoras contemporâneas mais populares no Japão, uma espécie de Haruki Murakami no feminino, surge um pequeno grande romance composto por dez histórias de amor invulgares, imprevisíveis e até dolorosas. Kawakami descreve o amor nas suas mais variadas facetas, desde a mera inclinação amorosa à paixão doentia, passando pelo amor de sangue entre irmãos.

 

KL- A História dos Campos de Concentração Nazis, de Nikolaus Wachsmann
Reedição da obra definitiva sobre a história dos campos de concentração. Título de referência, multipremiado, do historiador britânico, que conta tudo sobre os campos desde 1933 até ao encerramento em 1945.

+Eficaz, + Rápido Melhor, de Charles Duhigg
Reedição do autor que mais vende em psicologia/counselling nos Estados Unidos. Na base de +Eficaz +Rápido Melhor estão oito conceitos-chave – desde a motivação e a definição de objectivos à concentração e tomada de decisão – que explicam porque razão algumas pessoas e empresas conseguem alcançar tanto mais do que as outras.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

Novo romance de Ana Teresa Pereira

Os Perseguidores é o título do mais recente livro da escritora madeirense Ana Teresa Pereira (Funchal, 1958). Foi lançado em Dezembro passado pela Relógio d'Água, editora que nos últimos anos tem vindo a publicar a obra desta autora vencedora, entre outras distinções, do Prémio Oceanos 2017.

Incipit
«Para mim, era só mais um homem a destacar-se do fundo prateado. Aceitei o bilhete azul e rasguei-o em dois. Não olhei para o rosto dele; nunca olho para os rostos deles. Fato cinzento, camisa cinzenta. Camisa limpa.
Foi o meu corpo que o sentiu primeiro. A mão na cintura, a mão que segurava a minha, eram firmes mas não insistentes. Sentia o cheiro dele, uma água-de-colónia fresca e cigarros. Alguns meses antes, gastara o ordenado de uma semana na compra de um pequeno frasco de perfume: jasmim-branco. Não era o meu género; gosto do aroma de pétalas, de flores de cerejeira. Mas queria um perfume intenso, para me proteger do cheiro deles. Não deu resultado.
Por algum motivo, o meu corpo aceitava as mãos dele, o hálito dele, e os meus mamilos estavam duros. Talvez nem se notasse através do vestido de noite preto, mas detestei a ideia. Também detestava o vestido. Era vulgar, mas não feio; só um pedaço de tecido; os meus ombros estavam nus, os meus seios pequenos quase visíveis, a cintura e as pernas bem marcadas.
Eu jurei nunca mais usar um vestido preto, meias pretas, saltos altos. E não voltarei a dançar.»

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Este mês serão publicados os livros «Limpeza Cerebral» e «A Vantagem do Cérebro Feliz»

 

Ao acordar, quanto tempo leva até pegar no seu telemóvel ou a ver o que há de novo nas redes sociais?
Graças à tecnologia, conseguimos hoje ter o mundo nas mãos. Com um toque, compramos bens ou serviços. Com o deslizar de um dedo, eliminamos um “amigo” da rede de contactos.
É tudo tão mais fácil. Mas, mais difícil também. Porque viver nessa realidade paralela que é o universo digital tem um preço.
A nossa saúde física e mental ressente-se, bem como a qualidade das nossas relações, connosco próprios e com os outros.

Limpeza Cerebral parte de um pressuposto muito simples: o nosso cérebro está a ser gravemente manipulado pelos estímulos da tecnologia – e por empresas sem escrúpulos que apenas pretendem lucrar com a nossa dependência. Como consequência, desenvolvemos comportamentos que nos deixam mais sozinhos, ansiosos, deprimidos e propensos a doenças.
A partir dos mais recentes estudos científicos, o neurologista David Perlmutter e o médico internista Austin Perlmutter identificam neste livro as armadilhas comportamentais em que caímos. E mostram o antídoto: técnicas que nos permitem pensar de forma mais clara, tomar melhores decisões e criar hábitos mais saudáveis. Como temos de usar o corpo para tratar do cérebro, o livro propõe um Plano de Dez Dias Para a Limpeza Cerebral e ainda 40 receitas que lhe vão dar os ingredientes de que precisa para começar , cheio de energia, a libertar-se desta nova escravidão.

 

Toda a gente sabe que, se trabalharmos muito, teremos muito sucesso.
E, tendo muito sucesso, seremos felizes, não é?
Descobertas recentes no campo da psicologia positiva vieram mostrar que esta fórmula, na verdade, está ao contrário: a felicidade é o que impulsiona o sucesso e não o inverso.
Partindo do trabalho que realizou com milhares de executivos de todo o mundo incluídos no ranking Fortune 500 e baseando-se num dos maiores estudos realizados sobre a felicidade e o potencial, Shawn Achor, professor de Harvard, explica de que forma nos conseguimos tornar mais positivos para obtermos uma vantagem competitiva num mundo onde imperam, cada vez mais, a carga de trabalho excessiva, o stresse e a negatividade.
A Vantagem do Cérebro Feliz vai maximizar o seu potencial no trabalho, mas também ajudá-lo a manter uma mentalidade mais positiva em todos os aspetos da sua vida.

«A Verdade Sobre a Pandemia» é o novo livro da autora do best-seller «O Clube Secreto dos Poderosos»

Cristina Martín Jiménez é uma jornalista de investigação espanhola, nascida em 1974. Foi a primeira autora com alcance mundial a escrever e publicar uma obra sobre o Clube Bilderberg, entidade que reúne os verdadeiros governantes do mundo. Publicou mais outros livros sobre o mesmo assunto, nos quais investiga o modo como as instituições globais funcionam na realidade. O seu novo livro tem o título  A Verdade Sobre a Pandemia. 
 
Porquê uma pandemia neste momento?
A quem interessa manter-nos sequestrados nas nossas casas?
É verdade que o vírus teve origem na China?
Ou foi um ataque dos Estados Unidos, que agora não o sabe parar?

Todas estas perguntas se mantiveram sem resposta nos últimos meses, ainda que algumas teorias tenham começado a circular na Internet. Já em 2010 adverti no livro O Clube Secreto dos Poderosos (Matéria Prima, 2015) – Os planos ocultos de Bilderberg para o facto de um dos mecanismos de controlo das elites ser a «tática da pandemia». Por isso, quando os órgãos de comunicação social começaram a falar da COVID-19, soube que haviam voltado a ativar o plano.
Como é que nos obrigam a aceitar uma situação que ninguém está disposto a consentir?
Bem-vindos a A Verdade Sobre a Pandemia. Este livro contém as chaves de entendimento que explicam como e porque é que um pequeno grupo de pessoas decidiu roubar‑nos a liberdade.
 

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Novo livro da Editora Self revela os segredos para investir como Warren Buffett, um dos homens mais ricos do mundo


Warren Buffett é o 4º homem mais rico do mundo. É também o homem que figura há mais anos entre os 10 homens mais ricos do mundo. Considerado o mais bem-sucedido investidor do século XX no mundo inteiro, Buffett tem a alcunha de “O Oráculo”, por ser sempre o primeiro a ser chamado para comentar os acontecimentos económicos.

Em 7 Segredos para Investir como Warren Buffett, uma edição da Editora Self, Mary Buffett, que durante 12 anos viveu e trabalhou intimamente com Warren, partilha os 7 segredos que todos os investidores precisam de saber para ter sucesso ao criar a sua riqueza pessoal. Ela partilhará técnicas de investimento, formas de avaliar o mercado, processos de compra e todos os outros passos necessários.

Neste livro de Mary Buffett e Sean Seah, o leitor vai conhecer os 7 segredos que o ajudarão a dar início à construção de riqueza e a mudar a sua relação com o dinheiro. Entre eles, as técnicas específicas de escolha de ações, os princípios intemporais, bem como os critérios que permitirão identificar grandes ideias de investimento. Aprenderá a dominar os indicadores financeiros e a saber quais os necessários para decidir bem. Aprenderá igualmente a construir e a controlar um portfólio de ações.
Inclui: questionários simples, tabelas e gráficos que ajudam a ilustrar estratégias específicas.
O estilo amigável e direto dos autores, e os exemplos concretos, tornam este livro uma leitura fácil e fascinante. 
 

sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Estão a chegar novos romances das escritoras americanas Catherine Bybee e Megan Cooley Peterson

Perturbador. Intenso. Viciante. É assim descrito A Filha do Mentiroso, da americana Megan Cooley Peterson, autora de mais de 80 livros de não-ficção para crianças. Uma edição Topseller que chega às livrarias já na próxima semana.

Ela cresceu num culto. O seu pai é o líder… e um mentiroso.
Chama-se Piper, tem 17 anos e é filha de um profeta. Ela obedece e respeita o pai, e por essa razão cuida das irmãs mais novas e prepara-se para o apocalipse. Porque assim foi ensinada e nunca o deve questionar.
Até ao dia em que arrancam Piper da família que sempre conheceu e a levam para o Exterior: esse mundo que lhe foi ocultado desde criança, um mundo desconhecido e longe de Caspian, o rapaz que ela ama.
Nesta nova realidade, tentam convencê-la de que o seu pai é maquiavélico, um fanático. E há uma mulher que diz ser sua mãe. Mas Piper recusa-se a aceitar e só quer fugir para regressar a casa… Afinal, no que deve acreditar? Nas palavras dos seus raptores? Ou na única verdade que conhece?


Da autora americana Catherine Bybee, que desde 2013 tem os seus livros publicados em Portugal pela Bertrand Editora, chega um novo romance a 21 deste mês: Incompleta.

O casamento por contrato de Trina Petrov era para ser temporário. Mas quando a tragédia a atinge, Trina torna-se uma das mulheres mais ricas do mundo. Para recuperar do choque, decide passar algum tempo em Itália, jurando a si própria não se apaixonar por nenhum homem enquanto lá estiver. Mas isso não significa que não se possa apaixonar por ninguém na viagem de regresso a casa…
Wade Thomas, estrela da música pop, está no bar de um hotel e é tratado com frieza pela mulher sentada ao seu lado. Habituado a fãs a cair aos seus pés, Trina é uma mudança refrescante, assim como o facto de ela não fazer ideia de quem ele é.
Quando as coisas começam a acontecer, Trina descobre que as circunstâncias da morte do marido não são o que parecem. Agora ela está metida em sarilhos e Wade não a quer perder de vista. Aproximarem-se do amor e do perigo pode acabar com a vida deles… ou levá-los até às nuvens.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

«O Corpo Não Esquece», de Bessel van der Kolk

Editora: Lua de Papel
Data de publicação: 27 Outubro 2020
N.º de páginas: 616
O interesse científico no trauma tem conhecido variações imensas nos últimos 150 anos. O holandês Bessel van der Kolk (n. 1943), um especialista mundial nos efeitos do trauma, define trauma como «uma memória que está simultaneamente inscrita na mente, sob a forma de palavras e imagens mentais, e no corpo.»
As experiências traumáticas deixam sempre marcas, sendo o desafio de qualquer especialista em doença mental minimizar as sequelas de experiências traumáticas e fazer com que o paciente recupere o domínio do seu próprio ser. Reescrever memórias, em vez de destruí-las, é, portanto, o caminho a seguir.
Após a sua formação, este psiquiatra começou a tratar de veteranos americanos da Guerra do Vietname, que padeciam de Transtorno de Stress pós-traumático (TSPT), um diagnóstico muito recente na altura, reconhecido oficialmente pela Associação Americana de Psiquiatria em 1980. Ao dar-se conta das profundas cicatrizes psicológicas que a guerra formou na psique desses pacientes, ele começou a interessar-me e a fazer pesquisas e investigações científicas sobre o trauma, tendo posteriormente fundado o Trauma Center, um dos primeiros centros clínicos de pesquisa nos EUA dedicado ao estudo e tratamento do TSPT.
Informando que cada dez mais os norte-americanos tomam psicotrópicos (antidepressivos, ansiolíticos e antipsicóticos), na página 55 deste seu quarto livro, o mais popular, saído em 2014 sob o título The Body Keeps the Score – já vendeu mais de três milhões de exemplares e foi traduzido para 32 idiomas –, escreve: «A medicina dominante está firmemente convencida das virtudes da química para melhorar a vida e raramente leva em conta que podemos realmente mudar por outros meios a nossa condição física e o nosso equilíbrio interior.»
António Damásio é apenas um dos muitos especialistas de renome internacional com quem o autor se cruzou durante o seu trajecto profissional, que é referido durante a leitura deste livro.
O Corpo Não Esquece é um trabalho que apresenta as mais recentes descobertas da ciência no campo da neurociência, psicopatologia e neurobiologia. O autor compartilha connosco a sua experiência com pacientes ao longo da sua carreira, com mais de 30 anos.
Bessel van der Kolk, um grande defensor das abordagens de consciência corporal para o tratamento de traumas e para uma vida plena, fornece descrições de uma série de terapias que tem usado para tratar doentes com diagnóstico de Transtorno de Stress pós-traumático – como o EMDR (um capítulo do livro é dedicado exclusivamente a abordar este método de psicoterapia no qual o paciente é solicitado a recordar episódios/imagens angustiantes), o neurofeedback, o mindfulness e o ioga.
Após a leitura deste livro oportuno e bem escrito (contém alguma terminologia técnica, especialmente em relação ao funcionamento do cérebro, mas está bem esmiuçado para o leitor leigo na matéria), confirma-se o que vem escrito na badana de O Corpo Não Esquece: «Este livro é uma verdadeira mina de ouro de informação.»
Excertos:
«Poder sentir-se em segurança com outras pessoas é provavelmente o mais importante aspeto singular da saúde mental.» (p. 110)

«Não ser visto, não ser reconhecido e não ter um sítio para se refugiar é sempre devastador, seja qual for a idade, mas é especialmente destrutivo para crianças que ainda procuram o seu lugar no mundo.» (p. 124)

«Uma vinculação sólida (…) cria um lugar de controlo interno, o factor-chave para uma adaptação sã ao longo da vida.» (p. 160)

«Tudo no ser humano – o cérebro, a mente e o corpo – está orientado para a colaboração em sistemas sociais. Esta é a nossa estratégia de sobrevivência mais poderosa, a chave para o nosso êxito enquanto espécie.» (p. 240)

«Ninguém consegue “tratar” uma guerra, um abuso, uma violação, uma agressão – ou outra atrocidade qualquer; o que foi feito não pode ser desfeito. Mas o que se pode tratar são as marcas que o trauma deixou no corpo, na mente e na alma.» (p. 291)

Livros do Brasil lança obras de Yukio Mishima e Cesare Pavese

A colecção Dois Mundos da Livros do Brasil vai ganhar dois novos títulos, em meados deste mês.
O Marinheiro Que Perdeu as Graças do Mar é um dos mais breves e poderosos romances de Yukio Mishima, novelista e dramaturgo japonês.
Esta obra agora reeditada - foi publicada em 1985 pela Assírio & Alvim - revela um olhar de um radicalismo brutal sobre a honra perdida de uma sociedade japonesa irremediavelmente transformada pela guerra.
Yukio Mishima é autor de obras inesquecíveis como Confissões de Uma Máscara, O Templo Dourado e Vida à Venda.

Romance que precede em poucos meses o suicídio do autor, em 1950, A Lua e as Fogueiras é uma história sobre a passagem do tempo, as cicatrizes que se acumulam no homem e, em contraponto, a impassibilidade da natureza. Esta obra, considerada o seu romance mais bem-conseguido, revela em pleno os talentos do escritor e poeta italiano Cesare Pavese.

Livro de José Mauro de Vasconcelos entre os próximos lançamentos de Literatura juvenil

Talvez, de Morris Gleitzman
Coração de Vidro
, de José Mauro de Vasconcelos
 
 
A Estrela Que Vejo da Minha Janela, de Onjali Q. Raúf
Os Meninos do Caminho de Ferro
, de E. Nesbit

De Itália chega-nos «O que Contamos ao Vento», um comovente e poderoso romance

Um livro sobre a perda e tudo o que fica por dizer, é o que nos propõe a Suma de Letras com a sua primeira aposta literária deste ano: O que Contamos ao Vento, uma história inesquecível da profundidade da dor, da leveza do amor e do desejo humano de manter perto do nosso coração as pessoas que já não estão connosco.

A escritora italiana Laura Imai Messina traz-nos este belíssimo romance (Quel che affidiamo al vento, o seu 4.º livro), que marca a sua estreia internacional. Os direitos foram vendidos para mais de 20 países antes da sua publicação em Itália, onde vendeu mais de 30 000 exemplares e se manteve na lista de mais vendidos durante mais de 13 semanas.

Elogios da imprensa
«Com a sua linguagem poética, este belo livro é uma pequena e tranquila história de amor e uma vasta e expansiva meditação sobre o luto e a perda.» Heat
«Uma história sobre a obstinada sobrevivência da esperança quando tudo o resto está perdido. Messina mostra-nos que, mesmo ante uma terrível tragédia, como um terramoto ou a perda de um filho, as pequenas coisas - uma chávena de chá, uma mão estendida - podem oferecer um caminho a seguir. O seu minimalismo meditativo transforma-o num notável haiku do coração humano.» The Times

«Contada delicadamente e com muito cuidado, esta parece uma história particularmente ressonante para estes dias.» Stylist

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Transtorno de personalidade borderline é retratado no novo livro do psiquiatra João Carlos Melo

Um dos primeiros livros de não-ficção a lançar este ano pela Bertrand Editora intitula-se Reféns das Próprias Emoções (Os Indesejados), da autoria do médico psiquiatra, grupanalista e psicoterapeuta João Carlos Melo.
Este livro, que mergulha na psicologia e na natureza humana, é um retrato íntimo das pessoas com personalidade borderline.
João Carlos Melo é coordenador do Hospital de Dia do Serviço de Psiquiatria do Hospital Fernando Fonseca. É autor de Nascemos Frágeis e Recebemos Ordens para Sermos Fortes (2019), O Inconsciente Está no Cérebro (2017) e As Faces do Inconsciente (2005).

Sinopse
Na psiquiatria, nem todos os pacientes nascem iguais. A investigação e a experiência de vários terapeutas mostra-nos que há pacientes com quem é mais fácil de simpatizar do que outros. Os pacientes com perturbação borderline da personalidade são pessoas incompreendidas, como incompreendida é a doença que as faz sofrer.

Que doença misteriosa é esta, definida com tanta imprecisão, tantas vezes ignorada ou esquecida e, contudo, capaz de gerar reações viscerais tão consistentes entre os profissionais de saúde que com ela se cruzam? E o que nos podem ensinar estes pacientes sobre o fascinante mundo da psiquiatria e sobre os mistérios da nossa mente?
João Carlos Melo propõe-nos um olhar mais humano, mais terno e mais esclarecido sobre estas pessoas.

Outro livro editado pela Bertrand que pode interessar: A Ansiedade nos Nossos Dias, de Prof. Doutor Diogo Telles Correia (2018).

«O Amigo», uma história comovente sobre a amizade entre uma mulher solitária e um cão traumatizado

 

Às vezes,
é preciso um animal
para uma pessoa compreender
a sua humanidade.


A protagonista do livro O Amigo – distinguido com o National Book Award e um sucesso de vendas internacional – é uma escritora que perde o grande amigo e mentor e se vê forçada a cuidar do seu cão: um enorme dogue alemão. Este livro – a publicar no próximo dia 20 – narra a comovente história de amizade que se cria entre uma mulher solitária e um cão traumatizado pela inesperada perda do dono.

Elogios da imprensa
«Uma meditação sobre a leitura e a escrita, o amor e a perda. (…) A escrita de Sigrid Nunez é iluminada por uma perspicácia, afeto e sabedoria sem par - um verdadeiro prazer.» Financial Times

«Um livro magnífico (…) com uma visão apurada sobre a morte, o luto, a arte e o amor.» Wall Street Journal

«Uma exploração cáustica e em muitos momentos comovente do amor, da amizade, da morte, da arte e da literatura.» The New York Times

«Discretamente brilhante, sóbrio e elegante, O Amigo põe de lado as convencionais noções de enredo. Um livro único.» Kirkus

«Um livro íntimo e belo, repleto de sabedoria. Uma meditação inteligente sobre a amizade, o amor, a morte, a solidão e o companheirismo canino.» The Economist

«Um daqueles livros raros que, no fim, deixam uma sensação de paz.» Los Angeles Review of Books