sexta-feira, 22 de maio de 2020

«Cura - O Poder da Mente», de Kelly Noonan Gores

Edição: Lua de Papel
Data de publicação: 19-02-2020
N.º de páginas: 272
De que forma os nossos pensamentos, crenças, emoções e escolhas de vida influenciam a nossa biologia? Foi esta a premissa que esteve na génese de ’Heal’, um documentário assinado por Kelly Noonan Gores lançado em 2017 e que é um sucesso na Netflix.
O livro Cura - O Poder da Mente baseia-se nesse trabalho documentarista, que tem intervenções de 20 personalidades de reconhecida reputação mundial nas áreas da espiritualidade, biologia, física quântica, neurociência e medicina holística. São exemplos: Deepak Chopra, Bruce Lipton, Greeg Braden, Joe Dispenza e Marianne Williamson.
Logo nas primeiras páginas, os peritos afirmam que todos temos mais controlo sobre a saúde e a vida do que nos fizeram crer: «A maioria das curas começa na mente», «Simplesmente tomar um comprimido, ou vários, para aliviar o problema não é sinónimo de curar. Para tratar verdadeiramente, devemos mudar a nossa forma de pensar, agir e sentir.»
Quase todos os especialistas são unânimes a afirmar que a raiz de quase todas as doenças (cerca de 90% daquilo que leva o paciente ao médico) está relacionado com o stresse, provocados por traumas, emoções negativas, crenças subconscientes, etc.
O efeito que os nossos pensamentos negativos têm nos milhares de células do nosso corpo é de tal forma impactante, que simplesmente mudando o nosso mindset (a atitude mental com que abordamos a vida), muitas doenças crónicas podem ser totalmente reversíveis. No livro, são relatados casos de doentes oncológicos em estado terminal, que apresentaram uma remissão radical na doença, e curaram-se. É possível o nosso corpo mudar e curar-se, se reeducarmos a nossa forma de pensar, é o chavão repetido em todos os capítulos deste livro-entrevista.
Um dos pontos essenciais da obra é a afirmação, apoiada nas mais recentes descobertas das neurociências e da epigenética (área da biologia que estuda mudanças no funcionamento de um gene que não são causadas por alterações na sequência de DNA), de que já não somos vítimas da nossa hereditariedade, como sempre nos fizeram crer: «o efeito placebo é extraordinariamente poderoso porque demonstra que a crença muda a biologia.»
Temos muitas aprendizagens a retirar de Cura - O Poder da Mente, entre as quais, a de que a conexão do espírito-corpo-mente não deve ser, nunca, desvalorizada.
Em súmula: este é um livro sério, fascinante e de grande utilidade prática, que informa e alerta que a forma como pensamos determina, definitivamente, a forma como vivemos.

Excertos
«As emoções negativas como a raiva, a fúria, a dor, o medo, a depressão e o ciúme afetam a nossa bioquímica de forma negativa. As emoções positivas, por outro lado, levam o cérebro a libertar a química da cura no corpo, o que estimula o nosso sistema imunitário.»

«Novas ciências como a física quântica e a epigenética começaram a provar que o corpo está mais ligado à mente e às emoções do que a medicina convencional alguma vez equacionou.»

«Por vezes, uma crise de saúde pode servir como alerta, uma espécie de presente, para nos permitir crescer e estar no nosso melhor.»

Livros que podem interessar:
A Matriz Divina, de Greeg Braden (Lua de Papel, 2020)
Cura, de Jo Marchant (Lua de Papel, 2016)

1 comentário:

Unknown disse...

Excelente exemplo de terapia, curiosa por ler!